Eu continuo lendo o tijolo Data Mining Techniques e mais empolgado a cada página. Ontem eu passei pelo texto abaixo:

Interviewing business experts is another good way to get started. Because people on the business side may not be fmiliar with data mining; they may not understand how to act on the results. By explaining the value of data mining to an organization, such interviews provide a forum for two-way coommunication. One of the authors once participated in a series of meetings at a telecommunications company to discuss the value of analyzing call detail records (records of completed calls made by each cstomer). During one meeting, the participants were slow in understanding how this could be useful. Then, a colleague pointed out that lurking inside their data was information on which customers used fax machines at home (the deteails of the resulting project are discussed in Chapter 16 on link analysis). This observation got the participants thinking. Click! Fax machine usage would be a good indicator of who was working from home. For the work-at-home crowd, the company already had a product bundle tailored for their needs. However, without prodding from the people who understood the data and the techniques, this marketing group would never have considered searching through data to find a worh-at-home crowd. Joining the technical andthe business highlighted a very valuable opportunity.

TIP: When talking to business users about data mining opportunities, make sure they focus on the business problems and not on technology and algorithms. Let the technical experts focus on the technology and let the business experts focus on the business.

Levaria muito tempo para traduzir tudo, mas resumidamente o que ele diz é que Data Mining não é um jogo só de técnicos nem só de analistas de negócio, mas dos dois. Mais ainda: não é um projeto de balcão! É preciso que todos envolvidos com o negócio da empresa sejam ensinados sobre o que é Data Mining, como ele funciona, o que ele pode fazer, e sobre os dados que a empresa dispõe.

Projetos de Data Mining não são caixa-preta. Muito pelo contrário, precisam ser divulgados, compartilhados e abraçados por todos na empresa.

Ele dá um exemplo: como especialista em Data Mining, ele colocou o pessoal de marketing para conversar com pessoal técnico sobre o valor do CDR, o Call Detail Record, ou registro detalhado de chamada, que é o registro gerado a cada ligação completada em uma central, e serve para fazer o billing do cliente. A certa altura, alguém lembrou que o CDR guarda a informação sobre que cliente usa máquina de fax em casa. Click! (sic) Quem usa muito fax em casa provavelmente tem home office, e a tal companhia tinha um pacote pronto para esse público!

Mais que tirar relatórios, responder perguntas e montar dashboards, Business Intelligence é sobre melhorar a gestão e os resultados da empresa a partir da montanha de dados que ela gera. Esse livro fala sobre isso: como BI/Data Mining pode mudar sua empresa para ser realmente centrada no cliente e com isso crescer.

Se quiserem aprender sobre BI, leiam esse livro. Ele é imprescindível para sua formação como analista de BI. Meu post Não é Bem Assim era exatamente sobre o que ele fala: usar o conhecimento extraído dos dados para ajudar a empresa a crescer. Eu voltei ao mesmo tema no post O Andar  Bêbado do Negócio tentando mostrar um exemplo, mas o que eu coloquei aqui, tirado do livro, é matador.

A mensagem é essa: construa sua infra/solução de BI mantendo o olho em Data Mining. É daí que virá o verdadeiro ouro que seus dados escondem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s